Pétala de Rosa
"Amor não se conjuga no passado; ou se ama para sempre ou nunca se amou verdadeiramente."
Siga-nos no Twitter
 




 
 
 

A fábula do porco espinho

 
Em um relacionamento precisa-se aprender a respeitar os gostos do outro, o respeito e companheirismo são peças fundamentais. Reflitam com essa fábula:

Durante a era glacial, muitos animais morriam por causa do frio. Os porcos-espinhos, percebendo a situação, resolveram se juntar em grupos,assim se agasalhav am e se protegiam mutuamente.
Mas os espinhos de cada um feriam os companheiros mais próximos,justamente os que forneciam calor. E, por isso, tornaram a se afastar uns dos outros.

Voltaram a morrer congelados e precisaram fazer uma escolha: desapareceriam da face da Terra ou aceitavam os espinhos do semelhante.

Com sabedoria, decidiram voltar e ficar juntos. Aprenderam, assim, a conviver com as pequenas feridas que uma relação muito próxima podia causar, já que o mais importante era o calor do outro. E assim sobreviveram

MORAL DA HISTÓRIA
O melhor relacionamento não é aquele que une pessoas perfeitas, mas aquele onde cada um aprende a conviver com os defeitos do outro e consegue admirar suas qualidades...

Se relacionar com alguém, amar alguém é aprender a respeitar as diferenças, aprender a gostar ou respeitar o gosto do outro. As pessoas jamais serão 100% iguais, lembre-se sempre disso no seu relacionamento e ame muito.

 
Veja também:
O dom de amar
Um amor puro
Canção das mulheres
Eu Te Amo
Lembranças de amor
Um dia sentirás minha falta
O que é o amor?
 
13 comentários para "A fábula do porco espinho"

25/11/2012  18:07:38
Enviado por luisa
EU GOSTEI MUITO DESTA FABULA DIZ SOBRE A AMIZADE E O AMOR BJSSSSSSSS

03/09/2012  22:54:38
Enviado por Mirella Mattos
Ameei essa fabula,é mt interesante e vou aproveitar e mostrar a minha professora essa fabula tao maravilhosa!

05/05/2011  08:42:51
Enviado por laura neidiane
amei a fabula pois e atraves das diferenças é que aprendemos a amar cada dia mais , mesmo com todas as diferenças pois é isso que nos completa.

07/04/2011  17:07:47
Enviado por Graziela
adoorei a fábula ,nem todo relacionamento é perfeito ,basta aceitar-mos os espinhos e sabermos conviver

24/03/2011  09:27:54
Enviado por viviane
Adorei...
É muito dificil aceitar o outro com seus defeitos, porque amar não é fácil, exige: carinho, atenção, amor, cumplicidade, paciência, tolerância, essa que nos faz crescer interiormente, e o mais importante disso tudo: Deus na sua vida, sem ele, nossa vida é vazia.

23/03/2011  14:33:08
Enviado por ingrid gomes
Concerteza essa fabula é muito importante mostra q podemos conviver com as diferenças q nós seres humanos podemos ser até parecidos mais nunca iguais cada um tem sua qualidade e seus defeitos é precisamos saber lhe dar com certas cituaçoes se ñ nunca vamos conseguir crescer em varios ramos tanto no meio espiritual,trabalho,escola,etc..
afinal nós precisamos uns dos outros*~*

16/03/2011  16:22:25
Enviado por iza
Ameiiii! Pois existem tanto homem como mulher, que naum gosta de ficar perto da pessoa que ama justamente pq tem suas diferencas...

13/03/2011  12:17:09
Enviado por alaize
adorei as mensagens

11/03/2011  17:48:41
Enviado por rejane
lindo,puramente realidade

11/03/2011  00:34:05
Enviado por
O melhor relacionamento não é aquele que une pessoas perfeitas, mas aquele onde cada um aprende a conviver com os defeitos do outro e consegue admirar suas qualidades...

18/02/2011  17:42:55
Enviado por lea
muito bacana.nus traz a realidade de que samos diferentes e devemos ser mais tolerante com os outros

18/02/2011  16:20:24
Enviado por lucia souza
eu adorei pq o respeito esta acimar de tudo mais tenhe poucas pessõas que sb respeita alguem nesse mundo,termos que ama arespeita as pessõas dojeito que elas são!bjs

08/02/2011  10:47:54
Enviado por niula
Adorei essa fábula, é muito interesante como nos devemos respeita as pessoas como elas são.

Deixe seu comentário
   
  * Obrigatório
Seu nome:*
E-mail:*
Cidade:*

Mensagem:*

caracteres:
  Captcha

   
   
 
Sobre o Portal Canais Acompanhe o Pétala de Rosa