Ptala de Rosa
"Nenhum homem precisa preocupar-se muito com o que tem a sua frente, se ao seu lado tem uma boa mulher."
Siga-nos no Twitter
 




 
 
 

O voo dos amores

 

Quem já planou
Sobre nuvens densas do amor
Em direção ao ignorado
Jardim dos felizes?
Mundo de Deus, anjos, homens e mulheres
Ao som de "The Best of Bach"
Jamais pensou em declinar
E tampouco imaginou a queda
Impossível.

Sobre os acordes incessantes
Da plataforma do amor
Coberta de flores nunca vistas
No jardim invisível dos céus
Nenhuma rutura se abrirá
E a busca da paz será incessante
Por toda a aldeia dos eternos.
A viagem
Nunca aterrissará,
Pois embalada em sentimentos plenos
De intensa alegria.
Ela não cessará
Porque nela fizeram sua morada,
Deus e todos os nossos amores.
Todos vão passear sem parar
Na melodia dos sonhos.
Dela jamais quereremos sair.
Somos figuras de sua partitura
Um dia rasgada
Pelos ventos deste mundo inóspito.
Nós a refizemos
Por meio da sensibilidade e do gênio
Que não foi dada a nenhum
Outro homem.
Enquanto planarmos,
Abandonaremos as antigas interrogações.
Não mais temeremos as dúvidas
Sobre a plenitude da felicidade
Que nos abriga sob a imagem
Nunca conhecida e a mais desejada
Do universo.



Amadeu Garrido
 
Veja tambm:
Falar de amor
Todas as Cartas de Amor são Ridículas
A arte de amar
Deixe o tempo passar
Por onde anda meu amor...
Deixa Eu Te Namorar
Como se fosse a ultima vez
 
0 comentrios para "O voo dos amores"

Deixe seu comentrio
   
  * Obrigatório
Seu nome:*
E-mail:*
Cidade:*

Mensagem:*

caracteres:
  Captcha

   
   
 
Sobre o Portal Canais Acompanhe o Pétala de Rosa